Nas Bancas

Príncipe William confessa-se aliviado por George não ter dificultado o primeiro dia de escola

Com a mulher grávida, coube ao neto de Isabel II acompanhar o filho no início do ano escolar.

CARAS
8 de setembro de 2017, 10:34

Embora George parecesse apreensivo e até pouco entusiasmado nas imagens do seu primeiro dia na sua nova escola, a Thomas Battersea, em Londres, tudo correu pelo melhor. Pelo menos o balanço feito pelo pai, o príncipe William de Inglaterra, é positivo. “Correu bem. Houve pais com mais problemas com os seus filhos, por isso fiquei aliviado por não me acontecer a mim. Foi muito pacífico até. É uma boa escola”, disse o segundo na linha de sucessão ao trono britânico no final do dia, durante um encontro com a seleção britânica sub-20 de futebol no palácio de Kensington.
A ausência mais notada neste dia tão especial foi a da mãe do pequeno príncipe, Catherine Middleton, que está grávida pela terceira vez e sofre de fortes enjoos que a obrigam a ficar em repouso.
A educação de George, de quatro anos, irá custar cerca de 19 mil euros por ano, mas Kate e William querem assegurar que o filho tem ao seu dispor todas as ferramentas necessárias a uma boa formação. O estabelecimento é frequentado por família de 19 nacionalidades diferentes e são falados vários idiomas, o que mostra a preocupação dos duques de Cambridge em preparar o filho para as responsabilidades que virá a ter no futuro, uma vez que é terceiro na linha de sucessão ao trono britânico.
Clique aqui para ver todas as imagens da chegada de George à sua nova escola

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras