Nas Bancas

Rainha Isabel II escreveu carta sobre a princesa Diana dias depois da sua morte

O documento, escrito à mão pela soberana britânica, era dirigido à sua grande amiga, Henriette Abel Smith.

CARAS
19 de agosto de 2017, 12:45

À medida que se aproxima o 20.º aniversário da morte de Diana de Gales, vão sendo conhecidos mais documentos e declarações que contam detalhes sobre a vida da princesa, bem como a forma como alguns dos seus familiares mais próximos viveram a sua terrível perda.
Após a exibição do documentário de homenagem dos príncipes William e Harry à sua mãe, exibido na BBC, o jornal inglês Daily Mail divulgou a carta que a rainha Isabel II escreveu a uma das suas amigas mais íntimas, Henriette Abel Smith, seis dias após o trágico acidente que vitimou a princesa do Povo, a 31 de agosto de 1997, em Paris.
No emotivo texto, a soberana britânica, que na altura foi duramente criticada devido à sua postura fria e distante após a tragédia que assolou a família real, revela a sua dor e descreve Diana como “um ser humano excecional e com talento, que nos bons e maus momentos nunca perdeu a capacidade de sorrir e rir, nem de inspirar os outros com amabilidade e cordialidade”.
O documento pertence a um privado depois de, em 2005, ter sido leiloado na sequência da morte de Henriette Abel Smith, dama de honor de Isabel II entre 1949 e 1987. Na carta, a monarca sublinha ainda a força dos netos. “Foi terrivelmente triste, ela é uma perda enorme para o país. Harry e William tiveram tanta força, estou muito orgulhosa deles”, escreveu, dirigindo-se a Henrietta Abel Smith: “Penso que a tua carta foi a primeira que abri. Ainda temos as emoções à flor da pele, mas estamos unidos para ultrapassar esta experiência tão amarga”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras