Nas Bancas

Príncipes William e Harry confessam: “Sentimos que, de certa forma, desiludimos da nossa mãe”

Os filhos de Diana de Gales confessam-se numa entrevista exclusiva para o documentário que marca o 20.º aniversário da sua morte.

CARAS
2 de junho de 2017, 12:29

Os príncipes William e Harry tinham apenas 15 e 12 anos quando a princesa Diana morreu num acidente de viação em Paris, França. Embora já tenham falado antes do impacto que a morte da mãe teve nas suas vidas, foi para o documentário que assinala o 20.º aniversário da trágica perda que os filhos da princesa do povo deram a sua entrevista mais sincera, na qual revelaram o que sentiram na altura e o que continua a atormentá-los passadas duas décadas. “Uma das razões que nos levou a querer dar este testemunho foi o facto de sentirmos que devemos isto à nossa mãe”, começou por dizer William. “Penso que o que nos faz sentir isto é o facto de acharmos que a desiludimos quando éramos mais novos. Porque não conseguimos protegê-la. E agora, passados vinte anos, sentimos que devemos levantar-nos em seu nome e lembrar a toda a gente a pessoa boa que era. E cumprir o nosso dever de filhos protegendo a sua memória”, explicou.
“Quando ela morreu foi uma mistura de emoções, de amor e, de certa forma, ficámos em choque. Ao mesmo tempo, foi lindo e maravilhoso. Agora, quando olhamos para trás, é que temos noção da grandiosidade do momento. É fantástico ver o quanto a nossa mãe emocionou tanta gente. Quando somos novos e passamos por uma situação destas, acho que guardamos tudo algures no nosso coração, na nossa cabeça e deixamos lá ficar, sossegado, durante muito tempo. Acho que nunca será fácil para nós falar da nossa mãe, mas 20 anos parece-me uma altura para lembrar às pessoas a marca que ela deixou na família real e no mundo”, acrescentou Harry, atualmente com 32 anos.
Um porta-voz da BBC esclareceu que o documentário “contará em pormenor a tumultuosa semana que sucedeu à morte de Diana, princesa de Gales, e mostrará como ela teve um impacto marcante no país e em todo o mundo”. Haverá também testemunhos inéditos de personalidades ligadas à política, amigos pessoais e jornalistas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras