Nas Bancas

Príncipe William deverá abandonar carreira de piloto

Duque de Cambridge quer dedicar-se a tempo inteiro à coroa britânica.

CARAS
15 de janeiro de 2017, 15:43

Ser copiloto de busca e salvamento da Royal Air Force sempre foi encarado pelo príncipe William como motivo de responsabilidade mas também de entusiasmo. Como a avó, a rainha Isabel II, continua a assegurar a sua presença na maioria dos atos oficiais enquanto representante da monarquia britânica, o duque de Cambridge conseguiu, nos últimos anos, conciliar os seus compromissos de herdeiro da coroa com os deveres profissionais.

No entanto, os 90 anos da rainha começam a ‘pesar’ no seu estado de saúde - uma gripe na época natalícia fez com que Isabel II fosse obrigada a cancelar compromissos oficiais durante um mês - e o príncipe William terá sido aconselhado a dedicar-se mais ao seu papel de herdeiro da coroa de forma mais regular.

Por isso, Kate e William deverão deixar Anmer Hall, em Norfolk, para se mudarem de forma permanente para o palácio de Kensington antes do filho, George, entrar para a escola, em setembro deste ano.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras