Nas Bancas

Príncipe William criticado por ter agenda oficial pouco preenchida

O duque de Cambridge trabalha apenas como piloto de helicópteros-ambulância.

CARAS
23 de fevereiro de 2016, 11:27

William de Inglaterra foi criticado por realizar poucos compromissos oficiais, resultado do seu trabalho em part time como piloto de helicópteros. O príncipe tem recebido comentários pouco elogiosos, uma vez que trabalha 20 horas por semana como piloto e, em quatro dias de trabalho, a que correspondem cerca de oito horas e meia por turno, folga os quatro dias seguintes.
O palácio de Kensington refere que as regras da Autoridade da Aviação Civil são muito restritas, o que faz com que o duque de Cambridge esteja proibido de fazer outro tipo de trabalho nos seus dias de descanso, incluindo compromissos oficiais.
A Autoridade da Aviação Civil diz-se "confusa". "É verdade que só se pode trabalhar um certo número de horas num determinado período, mas daí sugerir que os pilotos não podem fazer mais nada em alguns dias de descanso é totalmente inexequível", afirmou um representante.
Perante esta situação, a East Anglian Air Ambulance e o palácio de Kensington saíram em defesa de William. "O duque está incrivelmente grato por ter a oportunidade de realizar o seu trabalho como piloto de helicópteros-ambulância. É uma oportunidade fantástica para ter contacto direto com a comunidade e ele considera que é muito gratificante fazer parte de uma equipa que oferece um serviço público tão valioso, que por vezes salva vidas", revelou um porta-voz do palácio.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras