Nas Bancas

Harry de Inglaterra encontra professora que o acompanhou quando perdeu a mãe

Vicky McBratley foi professora do príncipe pouco depois da morte de Diana.

CARAS
13 de maio de 2015, 16:05

O príncipe Harry de Inglaterra teve uma agradável surpresa durante a sua viagem à Nova Zelândia. Entre a multidão que quis saudá-lo ontem, dia 12, em Christchurch, encontrava-se Vicky McBratley, a sua antiga professora na Ludgrove School, em Berkshire, que acompanhou de perto uma das fases mais difíceis da sua vida, marcada pelo divórcio dos pais e depois pela morte da mãe, a princesa Diana.
Apesar da chuva, Vicky quis cumprimentar o filho mais novo do príncipe Carlos e mostrar-lhe as fotografias que tem suas e dos seus amigos. “Meu Deus, eu lembro-me de si. Não a via há tanto tempo”, disse Harry quando avistou a professora e ainda antes de a cumprimentar com um beijo. “É tão bom voltar a vê-la”, afirmou o jovem. “Ele parecia admirado [por me ver]. Ele era muito simpático, amigo, bom rapaz. E continua a ter o mesmo sorriso”, contou Vicky McBratley depois de uma breve conversa com o príncipe.
Harry de Inglaterra frequentou a escola em questão entre 1992 e 1998 e o primeiro dia de trabalho da professora no estabelecimento foi precisamente o dia do funeral de Diana de Gales, a 6 de setembro de 1997. Atualmente, dá aulas na Nova Zelândia e Harry quis conhecer os seus três filhos, Hayden, de 11 anos, Summer, de dez, e Sienna, de oito, bem com o seu marido, Andy.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras