Nas Bancas

Kate Middleton

Kate Middleton

Getty Images

Kate Middleton na lista de possíveis alvos de escutas telefónicas

O presidente da câmara de Londres, Boris Johnson, e o futebolista Wayne Rooney também estavam na lista do detetive privado Glenn Mulclaire que pirateava telefones de algumas personalidades para a imprensa sensacionalista britânica.

Redação CARAS
13 de novembro de 2013, 16:04

O caso das escutas telefónicas ilegais de várias personalidades está a ser julgado em tribunal e foi revelado que Kate Middleton era um dos alvos do detetive privado Glenn Mulcaire - detido em 2006 - e que confessou ter pirateado telemóveis de celebridades para os tablóides ingleses durante anos.
Na altura em que Mulcaire foi preso, a polícia encontrou uma lista de avaliação de alvos, que foi divulgada agora, e na qual estavam também o presidente da câmara de Londres, Boris Johnson, e o futebolista Wayne Rooney. Kate Middleton, era um dos alvos possíveis antes de se ter casado com o príncipe William, em 2011.
O detetive privado pirateou telefones de várias pessoas, entre elas a britânica Eunice Huthart, a dupla de Angelina Jolie, na altura em que a atriz começou o namoro com Brad Pitt, durante as gravações de Mr. and Mrs. Smith em Los Angeles, em 2005.
O caso das escutas telefónicas, que começou a ser julgado no passado dia 28 de outubro, atingiu proporções internacionais em 2011 quando foi revelado que o jornal News of the World, de Rupert Murdoch, tinha feito escutas ilegais a famosos como Jude Law, o futebolista Ashley Cole, e a cantora Dannii Minogue.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras