Nas Bancas

1.jpg

Getty Images

Parlamento britânico manda investigar impostos do príncipe Carlos

Uma comissão do parlamento pediu uma revisão da isenção de impostos do ducado da Cornualha, propriedade do herdeiro da coroa britânica.

Redação CARAS
7 de novembro de 2013, 12:53

O Comité de Contas Públicas do parlamento britânico pediu na passada terça-feira, dia 6, uma investigação aos impostos pagos pelo príncipe Carlos relativos ao ducado da Cornualha, denunciando uma alegada “vantagem injusta” de isenções. “Há uma série de medidas que podem ser tomadas para que o ducado, uma instituição histórica, se adapte às realidades do presente. As terras têm isenção fiscal inclusivamente quando se realizam atividades comerciais”, afirmou deputada trabalhista Margaret Hodge à BBC.
Após analisar as finanças do ducado, a comissão ordenou uma averiguação do capital da instituição criada em 1337 por Henrique III, com o objetivo de assegurar que o herdeiro da coroa britânica tivesse uma fonte de rendimentos. Segundo Hodge, as transações superiores a 600 mil euros deveriam ser monitorizadas pelo Ministério das Finanças, por lei, algo que não está a acontecer. “Os cidadãos têm o direito de saber”, acrescentou.  
O ducado da Cornualha possui mais de 53 mil hectares e está avaliado em 763 milhões de libras (907 milhões de euros).

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras