Nas Bancas

157234129.jpg

Getty Images

Kate Middleton: Especula-se que possa estar grávida de gémeos

Caso seja verdade, a situação suscitaria grandes dúvidas acerca de qual das crianças seria a legítima sucessora do trono britânico.

Redação CARAS
4 de dezembro de 2012, 17:49

Grávida de menos de doze semanas, Kate Middleton está sofrer de uma complicação rara, uma forma muito intensa de enjoos, que a levou a ser hospitalizada na última segunda-feira, dia 3. Agora, a imprensa britânica avança com rumores de que a duquesa de Cambridge poderá estar à espera de gémeos.
O DailyMail explica que a mulher do príncipe William sofre de náuseas e vómitos constantes, o que não permite a adequada absorção de alimentos e bebidas, podendo ter consquências como desidratação, anemia ou malnutrição do feto. Ainda segundo aquele jornal britânico, esta situação é mais comum em mulheres que estão grávidas de gémeos.
Caso estes rumores tenham um fundo de verdade, há uma questão que se coloca, e que já começou a agitar a imprensa britânica: qual dos bebés receberá a coroa? Naturalmente, e de acordo com a lei britânica, o herdeiro do trono será aquele que nascer primeiro.
Não há casos de gémeos na família real inglesa com uma posição relevante na linha de sucessão do trono e, mesmo noutras famílias reais, os gémeos têm sido muito raros.
Atualmente, a exceção é o caso de Vincent e Josephine da Dinamarca, filhos dos príncipes Mary e Frederico. No entanto, e apesar de Vincent ter nascido 25 minutos antes da irmã e, como tal, ter logo ficado à frente dela, caso tivesse nascido depois seria na mesma ele o segundo na llinha de sucessão, por ser rapaz, uma vez que a Lei Sálica só muito recentemente foi modificada no seu país, dando iguais direitos ao sexo feminino e masculino.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras