Nas Bancas

Príncipe William

Príncipe William

Reuters

Príncipe William de Inglaterra revela: "Quero ser mais do que um adorno real"

O segundo na linha de sucessão ao trono inglês pretende empenhar-se ao máximo nas suas funções, a fim de realmente contribuir para a construção de um mundo melhor.

Andreia Guerreiro
25 de setembro de 2009, 10:26

Com apenas 27 anos, o príncipe William já carrega sobre os ombros o peso da responsabilidade de um dia se tornar rei de Inglaterra. E, se o cargo não parece assustá-lo, o filho mais velho do príncipe Carlos e de Diana de Gales quer, mais do que marcar presença em actos oficiais, ter uma participação activa e dar continuidade aos projectos de caridade em que a sua família está envolvida. "Há um tempo e um lugar apropriados para ser um adorno, o que passa por cumprimentar pessoas, comparecer em eventos e manifestar o meu apoio dessa forma. Mas, eu quero ser mais do que um adorno real, pois temos mais a ganhar se nos empenharmos no que fazemos. E a caridade é apenas um dos exemplos de áreas nas quais me quero envolver mais", confessou o neto da rainha Isabel II durante o Fórum das Organizações de Caridade dos Príncipes. Esta reunião, que acontece duas vezes por ano desde 2006, engloba cerca de 20 organizações de solidariedade e conta com o apoio do príncipe William e do seu irmão mais novo, Harry.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras