Nas Bancas

Eduardo de Inglaterra e Sophie Rys-Jones com os filhos, Louise e James

Eduardo de Inglaterra e Sophie Rys-Jones com os filhos, Louise e James

Getty

Filhos de Sophie Rhys-Jones e Eduardo de Inglaterra finalmente fotografados

Louise, de cinco anos, e James, de 17 meses, acompanharam os pais a uma feira equestre

Andreia Guerreiro
2 de junho de 2009, 12:04

Em Inglaterra, foi um verda­deiro acontecimento ver os duques de Wessex e os dois filhos posarem para algumas fotografias durante uma visita ao Royal Windsor Horse Show, uma feira equestre. Lady Louise, de cinco anos, e lord James, de 17 meses, estavam animados como qualquer criança, em particular a mais velha, que andou de carrossel com ar muito divertido, enquanto o irmão a observava, irrequieto, ao colo do pai.

Eduardo e Sophie Rhys-Jones estavam descontraídos nesta rara saída a quatro, uma novidade, como dissemos, já que os duques têm procurado manter os filhos longe das objectivas fotográficas, preferindo conviver com os amigos nas respectivas casas. Louise frequenta a escola, onde é muito popular entre os colegas, e já sabe ler, apesar dos problemas de visão que tem desde o seu nascimento prematuro. Recorde-se que a neta de Isabel II nasceu com um problema no músculo do olho que lhe causou estrabismo divergente, depois de uma cesariana de emergência que chegou a pôr a vida de Sophie em risco. Há quatro anos, os duques foram confrontados com a hipótese de submeterem a filha a uma intervenção cirúrgica com vista a corrigir o problema, mas terão recusado, já que estava implícita uma anestesia geral, com os riscos que estas sempre acarretam. "Eles começaram por recear que a visão de Louise ficasse seriamente afectada, e ela tem de facto algumas dificuldades, mas nada que a impeça de ser uma criança muito feliz", explica um amigo do casal. "Ela adora balé e tem o seu próprio pónei, por isso esta feira foi uma alegria para ela", referiu ainda a mesma fonte.

O passeio pareceu, aliás, agradar a toda a família, e se nesta ocasião Sophie e Eduardo contaram com a ajuda de duas amas e seis guarda-costas (medidas obrigatórias para qualquer membro da família real britânica), sabe-se que em casa gostam de ser eles a tratar dos filhos. Um outro amigo refere mesmo que ao príncipe cabe habitualmente o papel de animador - "é frequente vê-lo no chão a brincar com os filhos" - e é a duquesa que acaba por ter de pôr cobro à diversão quando chega a hora dos banhos e do jantar.

Discretos e afectuosos, os du­ques parecem procurar um registo perto do de qualquer família comum, de modo a que os filhos cresçam da forma mais normal possível.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras