Nas Bancas

Felipe VI e Letízia dão passo inédito em Cuba

Os reis de Espanha encontram-se em visita oficial àquele país para participar nas comemorações dos 500 anos de Havana.

CARAS
13 de novembro de 2019, 10:38

Começou esta quarta-feira, 12 de novembro, a viagem de estado dos reis de Espanha a Cuba. Apesar de ser a décima viagem oficial que Felipe VI e Letízia realizam fora de Espanha, o par real deu um passo inédito: é a primeira vez que um soberano de origem espanhola visita de forma oficial a ilha. O motivo não poderia ser mais válido, já que se trata da comemoração dos 500 anos da Fundação de Havana.

Os monarcas aterraram no aeroporto José Martí, onde foram recebidos por várias personalidades diplomáticas. Pela hora tardia da chegada não houve uma receção oficial.

O primeiro dos atos da sua atarefada agenda internacional começou logo pela manhã na Praça da Revolução, onde decorreu uma homenagem junto ao memorial de José Martí, herói nacional. Letízia e Felipe VI depositaram uma coroa de rosas vermelhas com uma fita com a bandeira de Espanha.

Depois disso, os reis foram recebidos pelo presidente do governo, Miguel Díaz-Canel, e foi celebrada uma cerimónia oficial de boas-vindas e o encontro formal das delegações de ambos países no Palácio da Revolução.

Após passarem por um cordão de honra e seguir para a sala dos três heróis, Felipe e Letizia foram recebidos pelo presidente de Cuba e sua esposa, Lis Cuesta. Os dois chefes de estado passaram em revista as tropas e cumprimentaram as delegações.

Tiveram mais tarde um encontro com o presidente cubano durante o qual firmaram um acordo no qual estiveram presentes o ministro em funções, Josep Borrel, o ministro interino do Comércio Exterior e do Investimento Estrangeiro, Antonio Carricarte, da parte de Cuba. O objetivo é que haja cooperação e intercâmbios culturais entre Cuba e Espanha nos próximos anos.

Letízia, por sua vez, visitou a oficina Gaspar Melchor de Jovellanos, fundada com o apoio da Cooperação Espanhola. Durante a visita fez-se acompanhar pela primeira-dama de Cuba e juntas deram um passeio por Havana até ao convento de São Francisco.

À tarde decorreu a inauguração de uma exposição e uma apresentação de dança no Grande Teatro Alicia Alonso. O primeiro dia culminará com o jantar oficial de boas-vindas oferecido pelo presidente à delegação espanhola.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras