Nas Bancas

Cristina de Espanha e Iñaki Urdangarín

Cristina de Espanha e Iñaki Urdangarín

Getty Images

Infanta Cristina nega estar a divorciar-se de Iñaki Urdangarin

O empresário foi preso por peculato, prevaricação e fraude na Administração Pública.

CARAS
7 de novembro de 2018, 13:32

No passado mês de junho, foi conhecida a sentença de Iñaki Urdangarin: cinco anos e dez meses de prisão por peculato, prevaricação e fraude na administração pública. O Supremo Tribunal decidiu ainda que a mulher do empresário, a infanta Cristina, terá de pagar 136 950 euros por responsabilidade civil a título lucrativo no caso Nóos. Agora, liberada da ocorrência, a filha de Juan Carlos veio desmentir os rumores de que se estaria a divorciar do marido.

Miquel Roca, o advogado de Cristina, afirmou, em conversa com a revista Semana, "É falso. É uma informação sem qualquer fundamento, muito afastada da realidade". Roca colocou ainda a hipótese de divulgar um comunicado oficial a desmentir os referidos rumores.

Na revista Lecturas,o facto de a separação poder estar iminente foi atribuído a um cenário pouco favorável. "Ainda que Cristina ligue ao marido, por telefone, as visitas à prisão, tanto dela como dos filhos. foram diminuindo. Ao que parece, a infanta chegou mesmo a consultar um advogado especializado em divórcios. Pesaram os conselhos das amigas e primas, que não suportam Iñaki desde que ele foi infiel".

Na mesma publicação, é referido que a infanta Cristina estará a pensar voltar a Espanha e que, inclusive, já se encontra à procura de um apartamento em Madrid.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras