Nas Bancas

Reis de Espanha inauguram feira de arte envolta em polémica

Felipe e Letizia inauguraram a ARCO que, este ano, está envolvida numa grande controvérsia.

CARAS
22 de fevereiro de 2018, 17:32

Esta manhã, os reis de Espanha, Felipe e Letizia, inauguraram a 37ª edição da ARCO, Feira de Arte Contemporânea, que ocorre todos os anos.

Contudo, esta edição tem estado no centro de uma grande polémica devido a uma decisão tomada por parte da organização. A Instituição de Feiras de Madrid (Ifema), decidiu retirar da ARCO uma das obras, por considerá-la prejudicial às restantes.

Em causa, está o trabalho Presos Políticos na Espanha Contemporânea, de Santiago Sierra, que inclui 24 retratos pixelizados, representativos do título, entre os quais alguns de personalidades ligadas à questão da Catalunha. O autor considerou a retirada da sua obra um ato de "censura" e a própria ARCO, que se viu obrigada a seguir ordens, considerou a decisão exagerada, classificando-a como uma "má ideia".

Desde 2009 que Felipe e Letizia marcam presença no evento. Este ano, inauguraram a feira mais cosmopolita do país, numa altura em que, devido à polémica, outros, como a ex-juíza Manuela Carmena, se recusaram a marcar presença como forma de protesto.

Pouco depois das onze da manhã, os reis puderam conhecer, em primeira mão, algumas das obras expostas, mostrando-se muito interessados.

Para a ocasião, Letizia optou por um look totalmente vermelho, uma das suas cores preferidas, com uma saia comprida, uma blusa simples, botas de cano alto e uma clutch no mesmo tom.

Apesar de já serem presença assídua na feira desde 2009, foi apenas em 2015 que a inauguraram enquanto reis de Espanha. Este ano, a polémica existente não foi suficiente para quebrar a tradição.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras