Nas Bancas

Infanta Cristina e Iñaki Urdangarín prestes a saber se cumprirão pena no âmbito do Caso Nóos

Sentença marcada para esta sexta-feira, 17 de fevereiro.

CARAS
16 de fevereiro de 2017, 15:19

A infanta Cristina de Espanha e o marido, Iñaki Urdangarín, ficam a saber esta sexta-feira, 17 de fevereiro, o que será o seu futuro. O ex-basquetebolista é acusado dos crimes de fraude fiscal e desvio de dinheiros públicos e a filha mais nova do rei Juan Carlos e Sofía de Espanha de cumplicidade. O primeiro incorre numa pena que pode ir até aos 19 anos e meio de prisão e o segundo até oito anos. Quanto ao sócio de Urdangarín, Diego Torres, arrisca 16 anos e meio por, alegadamente, ter liderado o grupo de 17 arguidos do Caso Nóos. No total, foram desviados mais de 6,2 milhões de euros. As penas tão altas são justificadas pelo tribunal com o facto de Iñaki Urdangarín e Diego Torres não terem mostrado arrependimento em tribunal.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras