Nas Bancas

Tia de Letizia perde processo contra jornalista que a acusou de tentar vender fotografias do primeiro casamento da rainha

O tribunal considerou que Henar Ortiz esteve implicada no caso, como adiantou a jornalista Ángela Portero.

CARAS
24 de janeiro de 2017, 16:18

Ter a sua vida sob escrutínio não é fácil e quando nem a família ajuda pode tornar-se ainda mais complicado. A rainha Letizia de Espanha sofreu na pele uma traição por parte da sua tia Henar Ortiz, que, através de um intermediário, tentou vender fotografias do seu primeiro casamento, em 1997, com o escritor Alfonso Guerrero, ao canal Telecinco, por 600 mil euros. A história foi tornada pública em 2013 pela jornalista Ángela Portero e Henar Ortiz decidiu apresentar queixa, alegando que estava a ser difamada.
O tribunal considerou, no entanto, que as acusações da repórter “correspondem à verdade” e que, de facto, ficou provado que a tia da rainha Letizia quis vender as imagens, que a estação não comprou.
Além de ficar provado que esteve envolvida neste caso, Henar Ortiz terá de pagar as custas judiciais do processo que teve início há quatro anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras