Nas Bancas

Rei Juan Carlos passa a faixa de capitão-general do Exército ao filho

Numa cerimónia que decorreu no Palácio da Zarzuela.

Redação CARAS
19 de junho de 2014, 10:04

A Constituição espanhola estipula que o chefe de Estado tem também de ser capitão-general do Exército, pelo que o rei Juan Carlos passou o testemunho ao filho antes que este fosse proclamado rei de Espanha. Foi com alguma emoção que Felipe VI aceitou o testemunho, perante o olhar atento da mulher, Letizia, das filhas, a princesa Leonor e a infanta Sofía, da mãe, a rainha Sofía, da irmã mais velha, a infanta Elena, e do filho desta, Felipe de Marichalar.
Depois desta breve cerimónia que decorreu na Sala de Audiências do Palácio da Zarzuela, os membros da família real - à excepção de Juan Carlos e Felipe de Marichalar - dirigiram-se ao Congresso, onde Felipe VI prestou juramento perante representantes das Cortes Gerais, do Congresso e do Senado.
No seu discurso, o novo rei prometeu dar continuidade ao trabalho do pai, respeitando sempre a Constituição. E num momento tão importante, Felipe fez questão de agradecer à mãe pelo contributo que deu ao país durante os 39 anos de reinado do marido, dando-lhe sempre o seu apoio incondicional.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras