Nas Bancas

cristina1.jpg

Getty Images

Infanta Cristina desvincula-se de alegados delitos durante interrogatório de cinco horas

A filha do rei Juan Carlos está a ser interrogada no tribunal de Palma de Maiorca no âmbito do caso Nóos

Lusa
8 de fevereiro de 2014, 17:12

A infanta Cristina, filha do rei espanhol, reiterou hoje durante cinco horas de interrogatório num tribunal em Palma de Maiorca, desconhecer aspetos da gestão da empresa de que era proprietária com o seu marido em quem disse confiar totalmente.
Fontes jurídicas que ouviram o interrogatório conduzido pelo juiz José Castro explicaram que a infanta disse que sempre assinou tudo o que lhe pedia o seu marido, Iñaki Urdangarin, com quem partilhava o controlo da empresa Aizoon.
Num interrogatório "muito exaustivo", Cristina respondeu com evasivas a grande parte das perguntas, declarando desconhecer os elementos sobre os quais Castro a questionou, incluindo faturas da empresa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras