Nas Bancas

Iñaki Urdangarín e Cristina de Espanha

Iñaki Urdangarín e Cristina de Espanha

Getty Images

Infanta Cristina ouvida pelo juiz a 8 de fevereiro

A sessão esta marcada para dia 8 de março, mas foi antecipada.

Redação CARAS
13 de janeiro de 2014, 15:45

A infanta Cristina de Espanha, indiciada porsuspeita de envolvimento do caso Nóos, em que o marido é acusado de fraudefiscal, branqueamento de capitais e desvio de dinheiros públicos, será ouvidapelo juiz José Castro no próximo dia8 de fevereiro. Depois de vários meses a analisar as contas bancárias, os cartõesde crédito e os gastos da infanta, o responsável pelo processo decidiu queexistiam indícios suficientes para que esta fosse interrogada e na semanapassada tornou pública a sua decisão.
Miguel Roca, advogado da filha dorei de Espanha garantiu no sábado, dia 11, que a sua cliente não pretendeapresentar nenhum recurso para evitar o depoimento, porque quer que o processodecorra da forma mais rápida possível para acabar com a “incómoda e injusta” situação que a sua família está a viver. Orepresentante da infanta disse ainda que esta está totalmente “convencida da sua inocência” eacredita que depois de ser ouvida “tudoficará definitivamente esclarecido”.
Em causa está o alegado envolvimento de Cristina de Espanha no desvio de fundosgerados por negócios ilícitos do marido, IñakiUrdangarín, e do seu ex-sócio, DiegoTorres, acusados de desviar milhões de euros de dinheiros públicos atravésdo Instituto Nóos, entre 2004 e 2007.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras