Nas Bancas

Infanta Cristina de Espanha

Infanta Cristina de Espanha

Getty Images

Infanta Cristina irá comparecer voluntariamente em tribunal

A filha dos reis Juan Carlos e Sofía vai também renunciar ao direito de recurso no caso Nóos.

Redação CARAS
11 de janeiro de 2014, 13:34

A infanta Cristina irá renunciar ao direito de recurso e comparecer voluntariamente perante o juiz na sequência de ter sido indiciada por suspeita de envolvimento no caso Nóos, no qual o marido, Iñaki Urdangarín é suspeito.
Os advogados da filha dos reis Juan Carlos e Sofía emitiram hoje um comunicado no qual afirmam que: "Sua Alteza Real decidiu renunciar ao direito de recurso, que, como cidadã lhe é conferido pela Constituição, e comparecer voluntariamente perante o excelentíssimo senhor juíz instrutor".
No comunicado, os advogados expressam também a sua "absoluta e firme discrepância com os argumentos factuais e jurídico-penais sobre cuja base se decidiu que Sua Alteza Real iria prestar declarações na qualidade de arguida".
A Casa Real espanhola já veio apoiar esta decisão da infanta.
A infanta deverá estar perante o juíz José Castro no próximo dia 8 de março por suspeita de fraude fiscal e branqueamento de capitais.
Recorde-se que esta é a segunda vez que o juiz indicia a infanta Cristina neste caso. A primeira foi em abril de 2013, no entanto José Castro suspendeu a intimação depois de a Fiscalização Anti Corrupção ter apresentado recurso.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras