Nas Bancas

Iñaki Urdangarín e Cristina de Espanha

Iñaki Urdangarín e Cristina de Espanha

Getty Images

Infanta Cristina não quer renunciar aos seus títulos nobiliárquicos

A filha dos reis Juan Carlos e Sofía foi indiciada ontem por suspeita de envolvimento no caso Nóos.

Redação CARAS
8 de janeiro de 2014, 12:53

A infanta Cristina de Espanha foi ontem indiciada por suspeita de envolvimento no caso Nóos - onde o marido, Iñaki Urdangarín é acusado de desviar milhões de euros de fundos públicos entre 2004 e 2007 -, mas parece que, apesar de todo o escândalo em torno do assunto, não pretende abdicar dos seus títulos nobiliárquicos.
Inicialmente, a Casa Real espanhola queria solucionar o problema e retirou Iñaki Urdangarín da agenda oficial da família real, qualificando o seu comportamento como “não exemplar”, o que acabou por afetar também as aparições públicas oficiais da infanta. No entanto, a filha dos reis Juan Carlos e Sofía não estava disposta a renunciar aos seus direitos e parece que agora a sua opinião não mudou.
De acordo com algumas fontes próximas da Casa do Rei, seria mais fácil se a infanta tivesse renunciado aos seus direitos e títulos depois de se conhecer a imputação do marido. Mas o casamento dos duques de Palma está a ser alvo de acusações e a investigação do juiz José Castro funciona como uma conspiração, revelam as mesmas fontes.  
Cristina de Espanha recebeu a notícia da sua indiciação em Genebra, na Suíça, para onde foi viver com os quatro filhos no ano passado. Na altura, Iñaki Urdangarín encontrava-se com a família, apesar de a sua residência oficial ser em Barcelona.
Recorde-se que a infanta é acusada de fraude fiscal e branqueamento de capitais e terá de se apresentar no tribunal de Palma de Maiorca no próximo dia 8 de março. Segundo o magistrado, os crimes foram cometidos pela infanta quando era co-proprietária da empresa Aizoon, para onde foram desviados milhões de euros de fundos públicos através do Instituto Nóos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras