Nas Bancas

Reis de Espanha e príncipe das Astúrias presidem a mais uma Páscoa Militar

A tradicional cerimónia marca o fim das celebrações natalícias para os espanhóis.

Redação CARAS
6 de janeiro de 2014, 15:35

Um dia depois de ter festejado o seu 76.º aniversário, o rei Juan Carlos juntou-se à mulher, a rainha Sofía, e aos príncipes das Astúrias, Felipe e Letizia, para a tradicional cerimónia da Páscoa Militar. Tratou-se do primeiro ato oficial do rei fora do Palácio da Zarzuela após a sua última operação à anca, no passado mês de novembro.
Apoiado por umas muletas para facilitaros movimentos, o monarca espanhol presidiu à cerimónia militar na praça do Palácio Real de Madrid, onde a formação da Guardia Real lhe fez uma homenagem.
Tal como em anos anteriores, a rainha Sofía e Letizia usaram vestido em tons semelhantes. A soberana optou por uma saia preta comprida e uma blusa branca, enquanto Letizia escolheu um vestido preto, que conjugou com um casaco azul petróleo.
A Páscoa Militar marca o fim das celebrações natalícias para a classe política espanhola e inaugura oficialmente o início da agenda política para o novo ano. É uma tradição que remonta ao reinado de Carlos III.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras