Nas Bancas

Juan Carlos de Espanha

Juan Carlos de Espanha

Getty Images

Rei Juan Carlos deixa Cuidados Intensivos

O monarca espanhol foi operado este domingo a uma hérnia discal.

Redação CARAS
4 de março de 2013, 11:21

Prevê-se que o rei Juan Carlos de Espanha deixe durante a manhã a Unidade de Cuidados Intensivos, onde permanece desde ontem, 3 de março, depois de ter sido operado a uma hérnia discal na Clínica La Milagrosa, em Madrid. De acordo com fontes hospitalares, o soberano passou bem a noite, mas informações complementares serão avançadas ainda hoje pelo diretor do centro hospitalar, Gaspar Palet.
Ontem, Manuel de la Torre, o médico responsável pela intervenção cirúrgica ao rei Juan Carlos, informou que o período de recuperação do monarca deverá ser longo e que depende da sua evolução.
Duas horas depois da intervenção, o neurocirurgião fez um relatório acerca do estado do monarca e informou que a operação foi um "êxito absoluto""O rei esteve estável durante a cirurgia, a sua recuperação é boa, está desperto e a colaborar muito, como faz sempre", afirmou.
O médico adiantou que Juan Carlos irá ficar internado uma semana e que precisará de "dois a seis meses para uma recuperação completa" e que depois disso não precisará de usar muletas.
Após os primeiros tempos na clínica, o soberano espanhol continuará a sua recuperação no Palácio da Zarzuela. "Será uma recuperação domiciliária e a sua duração dependerá da evolução de sua majestade. Iremos começar com a recuperação da zona lombar, depois da zona locomotora, das extremidades inferiores, para que possa caminhar cada vez melhor", explicou o médico.
Manuel de la Torre destacou também o otimismo com que o rei enfrentou mais esta operação: "Os seus comentários estão cheios de otimismo e força. É difícil encontrar em paciente tão bom  como sua Majestade. Quer melhorar e estar bem para enfrentar os seus compromissos".
Ao final da tarde de ontem, Juan Carlos recebeu a visita da mulher, a rainha Sofía, das duas filhas, as infantas Elena e Cristina, e dos príncipes das Astúrias, Felipe e Letizia. À saída, o príncipe herdeiro afirmava: "Podem calcular como ele está. Satisfeito por deixar de ter dores, apesar de o esperar um período difícil. Tem pela frente um período de trabalho duro e de esforço para se recuperar". O filho do rei contou também que a operação tinha "corrido muito bem" graças ao "magnífico trabalho" do cirurgião.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras