Nas Bancas

Os duques de Palma

Os duques de Palma

Getty Images

Infanta Cristina não deverá ser afetada pelas acusações feitas ao marido

Mario Pascual Vives, advogado de Inãki Urdangarin, está convencido de que as acusações que recaem sobre o seu cliente não afetarão a filha do rei Juan Carlos.

Redação CARAS
21 de janeiro de 2013, 18:19

Iñaki Urdangarin foi acusado pelo Ministério Público espanhol de três crimes fiscais, alegadamente cometidos entre 2007 e 2008. E como a infanta Cristina de Espanha chegou a trabalhar lado a lado com o marido começaram a surgir algumas dúvidas do seu envolvimento em atos ilícitos e sobretudo das consequências que este caso teria na sua vida enquanto membro da família real espanhola.
Mario Pascual Vives, advogado de Iñaki Urdangarín, declarou aos jornalistas que as acusações de fraude fiscal que recaem sobre o seu cliente em nada implicam a filha dos reis Juan Carlos e Sofía.
As acusações de fraude fiscal foram feitas pela Agência Tributária da Catalunha que diz ter provas de que o Instituto Nóos, dirigido por Iñaki e pelo sócio, Diego Torres, não pagou os impostos no valor de 470 mil euros entre os anos de 2007 e 2008. A acusação investigou todas as outras empresas em que o marido da infanta Cristina trabalha, a Aizóon, a Virtual Strategies, a Shiriamasu e o laboratório Strategy Innovation. 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras