Nas Bancas

Jaime de Marichalar

Jaime de Marichalar

Getty Images

Jaime de Marichalar: Processo sobre o acidente do filho foi arquivado

A juiz responsável pelo caso considerou que não houve negligência grave por parte do ex-marido da infanta Elena.

Redação CARAS
18 de abril de 2012, 16:51

O processo instaurado contra Jaime de Marichalar, ex-marido da infanta Elena de Espanha, por ter permitido que o filho, Felipe Juan Froilán, de 13 anos, manuseasse uma arma de fogo, foi arquivado. A juiz do Tribunal da Primeira Instância e Instrução número 1 de Sória considerou que não houve negligência grave por parte do duque de Lugo e decretou o arquivamento do processo, que poderá ser reaberto no prazo de seis meses se a pessoa lesada, o seu representante legal ou o Ministério Público apresentarem queixa.
No auto, fica claro que apesar de haver uma infração grave cometida por negligência – uma vez que Felipe Juan Froilán não tem 14 anos, idade a partir da qual é permitido o manuseamento de armas em Espanha – tem de existir uma denúncia prévia por parte do lesado.
Recorde-se que o neto do rei Juan Carlos disparou no próprio pé quando se encontrava a treinar tiro com o pai, numa quinta da família. Felipe Juan Fróilan teve de ser operado, esteve hospitalizado uma semana e recebeu alta na passada segunda-feira.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras