Nas Bancas

Letizia reconquista a simpatia do rei de Espanha

Depois do divórcio da infanta Elena e do escândalo provocado por Iñaki Urdangarín, marido da infanta Cristina, Letizia parece ter reconquistado a simpatia de Juan Carlos que dizem ver na princesa das Astúrias uma aliada de peso para manter a monarquia espanhola. Passamos em revista as diferentes fases da relação da princesa Letizia com o rei Juan Carlos ao longo dos últimos oito anos.

Redação Caras
3 de janeiro de 2012, 15:18

Em novembro de 2003, quando Felipe disse ao rei Juan Carlos de Espanha que pretendia casar-se com Letizia, uma jornalista divorciada, o rei tentou demover o filho. Letizia não era a nora que Juan Carlos tinha sonhado. Porém, quando Felipe disse ao pai que entre a Coroa e o Amor escolheria o segundo, o rei sentiu-se obrigado a dar o seu consentimento para o casamento, que se celebrou a 22 de maio de 2004.
Juan Carlos tentou então manter uma relação cordial com a nora, mas a personalidade demasiado forte de Letizia depressa fez os seus estragos e a relação foi-se deteriorando ao ponto de pai e filho se terem afastado ao longo dos sete anos de casamento de Felipe. Agora, com o escândalo provocado por Iñaki Urdangarín – acusado de fraude financeira – e com a infanta Elena divorciada, Letizia parecer ter reconquistado o sogro. Afinal as sondagens mais recentes indicam que Felipe goza de excelente popularidade, sobretudo graças ao carisma de Letizia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras