Nas Bancas

129072922.JPG

Getty Images

Rei Juan Carlos e príncipe Felipe divulgam salários

O rei de Espanha recebe perto de 300 mil euros brutos anuais, o dobro do valor recebido pelo príncipe das Astúrias.

Redação CARAS
28 de dezembro de 2011, 19:09

Ao contrário do que acontece com a maioria das casas reais europeias, as contas da casa real espanhola não são controladas pelo Tribunal de Contas nem são divulgadas publicamente. Porém, não só devido à época de crise que se vive, mas, essencialmente, por causa do escândalo que envolve Iñaki Urdangarín, marido da infanta Cristina, a Casa do Rei divulgou este ano pela primeira vez as finanças da família real.
A informação está disponível no site oficial da casa real e mostra que o rei Juan Carlos recebeu este ano 292.752 euros brutos (140.519 euros de salário e 152.233 euros de despesas de representação). O príncipe Felipe recebeu exatamente metade desta quantia, ou seja, 146.375 euros brutos.

A rainha Sofía, a princesa Letizia e as infantas Elena e Cristina repartem um total de 375.000 euros, mas a casa real não especifica a quantia que cada uma delas recebe.
Em 2011, o Estado espanhol destinou à casa real um total de 8,43 milhões de euros. Logo, os 814.128 euros dos salários dos membros da família real representam 9,65% desse valor. A grande fatia destina-se a custos com o pessoal: 4.039.000 euros (47,89% do total). O restante vai para gastos correntes com bens e serviços (38,83%)
O rei Juan Carlos tem liberdade total para gerir o dinheiro que recebe do Estado. Segundo a Constituição Espanhola, o rei pode distribuir livremente esse dinheiro, destinado a pagar os custos de funcionamento e de pessoal, assim como ao sustento da família real.

Com este valor anual, a Casa do Rei faz frente às suas obrigações económicas mais diretas e que não são assumidas por outros organismos do Estado. Por exemplo, os custos relativos a viagens e visitas oficiais são assumidos pelo Ministério de Assuntos Exteriores e Cooperação, tal como acontece na maioria dos países.
No âmbito das medidas de austeridade aprovadas pelo Governo espanhol, o orçamento da casa real vai sofrer em 2012 um corte de cerca de 5% e os salários dos membros da família real e de todos os funcionários uma redução de 15%.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras