Nas Bancas

Casa Real afasta Iñaki Urdangarín dos atos oficiais

A informação foi divulgada esta manhã.

Redação CARAS
12 de dezembro de 2011, 12:55

Depois de um mês de silêncio sobre o caso de Iñaki Urdangarín, que está ser investigado no âmbito de um processo de fraude e desvio de dinheiros públicos pela brigada anticorrupção de Palma de Maiorca, a Casa Real espanhola tomou uma posição oficial. Rafael Spottrono, chefe da Casa do Rei, anunciou esta manhã durante um pequeno-almoço com a imprensa que o marido da infanta Cristina não participará em nenhum ato oficial da família real. E, apesar de referir a presumível inocência do duque de Palma e de lamentar as falsas informações que têm sido veiculadas pelos meios de comunicação, Spottrono assumiu que o comportamento de Iñaki “não parece exemplar”. O chefe da Casa do Rei adiantou ainda que esta decisão foi tomada de comum acordo entre todos os responsáveis da instituição e o marido da infanta Cristina.
Recorde-se que o antigo jogador de andebol emitiu este domingo um comunicado a esclarecer que “a Casa Real nada tem a ver com as [suas] atividades privadas”. Entretanto, o advogado que designou para o representar, Mario Pascual Vives, já disse que o seu cliente está “preocupado, triste e indignado” com tudo o que envolve este caso e com as repercussões que pode ter para a sua família e para a Casa Real. O advogado relembrou também que por ainda não haver uma acusação formal, não se pode falar em estratégia de defesa para Iñaki Urdangarín, que define como uma pessoa “forte e íntegra”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras