Nas Bancas

users_0_12_letizia-e-leonor-5276.jpg

Reuters

Letizia assustada com o perigo de novo atentado

A princesa está com medo que a ETA volte a atacar e receia pela segurança das suas filhas, as infantas Leonor e Sofía. 

Natalina Almeida
31 de julho de 2009, 01:35

O atentado da ETA, no qual morreram dois agentes, e uma segunda bomba encontrada num veículo estacionado nas proximidades do Palácio de Marivent, em Maiorca, onde a família real inicia oficialmente as suas férias este fim-de-semana, deixaram Letizia à beira de um ataque de nervos.

A princesa que assistirá hoje na companhia do príncipe Felipe ao funeral dos dois guardas civis assassinados, que se realiza na Catedral de Palma de Maiorca, teme que a ETA volte a atacar e que toda a família real espanhola esteja a correr um risco demasiado elevado, ao manter a intenção de passar as próximas semanas em Maiorca. Recorde-se que em Maiorca, para além de Felipe e Letizia - que foram obrigados a chegar mais cedo para representarem a Coroa no funeral das vítimas do atentado - já estão as famílias das infantas Elena e Cristina e os reis de Espanha devem chegar no próximo sábado, finalizada a visita que estão a fazer à Madeira.

O atentado desta quinta-feira, o primeiro em Maiorca com vítimas fatais, é o nono da ETA este ano e eleva para três o número de mortos em 2009, após o assassinato, em 19 de Junho de um inspector da Polícia na localidade basca de Arrigorriaga.

Dado o perigo evidente, já foram deslocados para a ilha 600 efectivos de diversas forças policiais com a missão exclusiva de garantir a segurança de toda a família real.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras