Nas Bancas

O comovente discurso de Mary da Dinamarca no 50º aniversário do marido

O príncipe herdeiro celebrou mais um aniversário e foi organizada um jantar de gala em sua honra.

CARAS
28 de maio de 2018, 12:54

Foi no passado dia 26 de maio que o príncipe Frederico da Dinamarca comemorou 50 anos de idade, algo que motivou a organização de uma gala em sua honra, por parte da mãe, a rainha Margarida.

No evento, Mary da Dinamarca, a mulher do aniversariante, dedicou-lhe um discurso que comoveu os presentes. Não só falou da família, como teceu ao companheiro inúmeros elogios.

"És uma pessoa positiva e ris com facilidade. E não és avarento quando ris. Nem quando contas piadas. Frequentemente, os dois vêm juntos. Ris-te sempre (muito) das tuas próprias piadas. E já perdi a conta do número de vezes que contaste a mesma piada, como se tentasses aperfeiçoar a forma de contá-la", começou por dizer, divertida.

Em seguida, Mary revelou uma curiosidade engraçada sobre o marido. Quando jantam fora e o empregado pergunta se já terminaram a refeição, o marido responde sempre "'não, não, eu sou dinamarquês', rindo-se todas as vezes que o diz".

"Estou tão feliz por me teres feito apaixonar por ti. Desafiámo-nos a continuar apaixonados, não num momento, mas para toda a vida. E a vida contigo nunca é aborrecida. Nunca sabemos se passarás a porta de fato e gravata, num fato de mergulho ou como um Mamil. Para todos os que não sabem, Mamil é um termo inglês que designa uma subcultura de homens de meia idade que usam licra e andam em bicicletas de corrida caras. As opiniões divergem no que toca ao facto de licra e homens de 40 anos ser uma boa combinação", brincou, acrescentando algo que fez rir todos os presentes. "Mas querido, tu ainda ficas elegante em licra. Contudo, tenho algumas dúvidas no que toca à combinação de licra, capacete e patins", disse.

Mary falou ainda da vida familiar de ambos, elogiando Frederico. "Dá-te uma enorme satisfação testar os teus limites, físicos e psicológicos. Vives segundo o lema 'é a vontade de querer que alimenta a capacidade de fazer', e transmitiste-o a mim e aos nossos filhos. Segundo eles, és um pai muito bem-sucedido. Descrevem-te como carinhoso, divertido, maravilhoso, inteligente, corajoso, prestável, fixe e fantástico. És tudo para eles. Sabem que acreditas neles mesmo quando eles não conseguem acreditar neles mesmos", referiu, orgulhosa.

"Rapidamente colocas os problemas para trás das costas, tal como fazia o teu pai. Deixas-te levar pelos pequenos. Encontras facilmente a tua criança interior e os nossos filhos adoram quando esse teu lado toma conta da tua imaginação, das brincadeiras, dos jogos. Mas deves também saber que eles acham que tens mau perder. E concordam que o Vicente foi quem herdou essa tua característica de forma mais evidente", continuou.

Por fim, Mary terminou o discurso referindo-se à primeira vez que viu aquele que viria a ser o seu marido vestido a rigor: de calções e t-shirt, terá passado a usar um uniforme de gala. Contudo, houve algo que não mudou, "os teus olhos e sorriso eram os mesmos. E é essa a pessoa que és, de gala ou não", disse, sorrindo.

Recorde-se que Frederico e Mary são pais de quatro crianças, Christian, de 12 anos, Isabella, de 11, e os gémeos Vincent e Josephine, de sete.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras