Nas Bancas

O último desejo de Henrique da Dinamarca foi uma declaração de amor à mulher

Antes de morrer, o príncipe fez um pedido muito especial.

CARAS
22 de fevereiro de 2018, 16:56

Antes da sua morte, na semana passada, aos 83 anos, o príncipe Henrique fez um último pedido muito especial.

Para homenagear a sua esposa e companheira nos últimos 50 anos, a rainha Margarida da Dinamarca, pediu para que a decoração do seu funeral fosse como um "jardim em flor", isto porque as flores têm muito simbolismo na união da monarca e do príncipe.

Quando casaram, em 1967, Henrique fez um discurso em que comparou a Dinamarca, o novo país que então o acolhia, a um "jardim em flor" e afirmou que a sua mulher, a então ainda princesa Margarida, era o "adorno mais bonito" desse jardim.

A casa real da Dinamarca revelou agora, na sua página oficial no Instagram, esta última vontade do príncipe, partilhando uma fotografia onde se pode ver uma imensidão de flores coloridas.

O bispo que presidia à cerimónia lembrou o discurso que o príncipe fez quando do seu casamento: "Eu vim de um país de flores para um jardim em flor. Lilases, flores de sabugueiro e peónias, flores nos parques, campos e florestas. Mas a menina, no entanto, é o adorno mais bonito do jardim", disse o príncipe, referindo-se à rainha.

Surpreender Margarida uma última vez era a vontade de Henrique da Dinamarca, que foi respeitada, e, por isso, as flores e grinaldas foram dispostas de forma a parecerem um jardim.

Recorde-se que Henrique da Dinamarca é de origem francesa. O príncipe morreu no passado dia 13 de fevereiro e, assim que o acontecimento foi tornado público, milhares de dinamarqueses saíram às ruas para deixar flores e prestar uma última homenagem àquele a quem nunca foi permitido ser rei. Porém, o funeral, por vontade do próprio, foi uma cerimónia privada, que contou apenas com a família e amigos mais chegados, bem como com algumas figuras importantes do Estado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras