Nas Bancas

Família Real da Dinamarca

Família Real da Dinamarca

Reuters

Crise não afecta Casa Real da Dinamarca

O salário dos membros da família real, que é pago pelos contribuintes, foi aumentado pelo governo dinamarquês.

Andreia Guerreiro
5 de setembro de 2009, 11:35

Numa altura em que a crise financeira atinge a economia mundial, os membros da família real dinamarquesa vêem as suas remunerações mensais a serem aumentadas pelo governo do país. Assim, tendo em conta o que é avançado pela imprensa internacional, serão mais cerca de 13 milhões de euros a ser pagos pelos contribuintes.

Os mais beneficiados com esta situação serão os príncipes herdeiros, Frederico e Mary, que passam assim a receber cerca de 2,3 milhões de euros anuais, mais 50 mil do que recebiam até agora. Seguem-se depois a rainha Margarida e o marido, o príncipe consorte Henrik, bem como a irmã da soberana, a princesa Benedicta.

Os príncipes Joachim e Marie, bem como a ex-mulher do príncipe, a condessa de Frederiksborg, também foram aumentados, mas a diferença é que Alexandra tem de pagar impostos, uma vez que já não pertence à família real.

De salientar que foi recentemente realizada uma sondagem e verificou-se que o nível de popularidade dos membros da Casa Real da Dinamarca diminuiu nos últimos tempos. Agora, na sequência destes aumentos, numa altura em que o mundo está a atravessar uma crise, prevê-se que esses valores voltem a baixar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras