Nas Bancas

Philippe da Bélgica processa cadeia de ‘fast food’

Em causa está um anúncio da Burger King que pede aos belgas para elegerem o “verdadeiro rei do país”.

CARAS
30 de maio de 2017, 13:05

A conhecida cadeia de fast food Burger King só chega à Bélgica no próximo mês, mas já está a gerar polémica e, de acordo com a imprensa local, já está a ser processada pela Casa Real. Na origem da controvérsia está uma campanha publicitária, na qual a marca pede ao povo belga para escolher o seu “verdadeiro rei”, dando a hipótese de escolha entre a mascote da cadeia e o rei Philippe. “Dois reis. Uma coroa. Quem vai governar? Votem agora...”, pode ler-se na votação que decorre online. E quando o internauta escolhe a opção do monarca belga tem direito a mais questões: ”Tem a certeza? Ele não cozinha batatas fritas para si!”.
Um porta-voz da Casa Real belga explicou o porquê do descontentamento com o anúncio. “Dissemos-lhes que não estávamos satisfeitos por eles terem usado uma imagem do rei na sua campanha. A imagem do rei Philippe não pode ser explorada para fins comerciais”, afirmou Pierre-Emmanuel De Bauw.
A responsável pela comunicação da Restaurants Brand International, empresa que detém o franchise belga do Burger King, já fez saber que está a ser avaliada a hipótese de alterar a campanha, apesar de garantir que não houve qualquer contacto por parte da realeza belga.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras