Nas Bancas

Alberto da Bélgica recusa-se a assumir alegada filha ilegítima

No passado mês de junho, Delphine Boël pediu em tribunal um teste de ADN para provar que é filha do antigo monarca.

Redação CARAS
4 de setembro de 2013, 18:14

Alberto da Bélgica recusa-se a assumir a paternidade da sua alegada filha ilegítima, Delphine Boël, segundo disse Guy Hiernaux, o advogado que representa o antigo monarca no processo aberto em tribunal. “Não reconhece os factos e rejeita ser considerado o pai de Delphine”, afirmou à estação televisiva VRT. De acordo com Hiernaux, o Alberto reagiu com “serenidade” ao processo instaurado por Boël, que no passado mês de junho pediu ao tribunal de Bruxelas um teste de ADN para provar que é sua filha.
Delphine anulou o caso em tribunal, mas anunciou que apresentará um semelhante na próxima segunda-feira, 9 de setembro, tendo em conta a mudança de estatuto de Alberto II, que abdicou do trono no passado dia 21 de julho a favor do seu filho Philippe.
O novo processo judicial será baseado nas revelações feitas pela mãe de Boël e antiga amante do rei, Sybille de Selys Longchamps. A baronesa quebrou o silêncio sobre o assunto e divulgou fotografias da filha, quando era jovem, com Alberto. No entanto, Guy Hiernaux revelou que esta nova informação não muda o caso. “Quando leio as declarações da senhora Selys Longchamps não vejo nenhuma prova de que Delphine Boël seja filha de Alberto”, explicou o advogado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras