Nas Bancas

Livro polémico afirma que Philippe da Bélgica é ‘gay’

A Casa Real belga já emitiu um comunicado onde diz que o livro difunde uma imagem “irreal e ofensiva” dos reis e dos príncipes.

Redação CARAS
24 de outubro de 2012, 12:45

As Questões Reais, o novo livro sobre a família real da Bélgica, que estará à venda a partir de hoje, já está a gerar polémica. A obra, escrita pelo jornalista Frédéric Deborsu, revela que o casamento dos príncipes Philippe e Mathilde, em 1999, serviu para ocultar a homossexualidade do herdeiro, que teria mantido uma relação íntima de três anos com o conde Thomas de Marchante et d’Ansembourg.
Além disso, o livro afirma que o rei Alberto ameaçou retirar o príncipe da linha de sucessão ao trono se este não casasse com uma mulher.
A Casa Real já emitiu um comunicado onde torna pública a sua discordância com a publicação do livro que difunde uma imagem “irreal e ofensiva” dos reis e dos príncipes belgas. “O rei Alberto está profundamente ofendido”, pode ler-se na mensagem.
A publicação insinua ainda que os filhos dos príncipes herdeiros, Elisabeth, que completa amanhã 11 anos, Gabriel, de nove, Emmanuel, de sete, e Eleonore, de seis, são fruto de um tratamento de fertilização in vitro por não haver relação entre o casal.
Frédéric Deborsu acrescenta que a rainha Paola teve várias relações extraconjugais nos anos 60.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras