Nas Bancas

Máxima da Holanda deslumbra nas celebrações do Dia do Príncipe

A data festiva marca o arranque do ano político nos Países Baixos.

CARAS
18 de setembro de 2018, 18:15

Tal como manda a tradição, precisamente à uma da tarde em ponto, o rei Guilherme e a rainha Máxima da Holanda chegaram a Binnenhof, sede parlamentar situada em Haia, marcando assim o Dia do Príncipe que assinala o início do ano político. O monarca leu o Discurso do Trono na Sala da Cavalaria, onde deu a conhecer os planos do governo no novo ano que se inicia. O encontro reuniu, desde o primeiro momento cidadãos holandeses que encheram as ruas, comprovando as previsões dos meios de comunicação social de que se daria um record de afluência, num dia em que a temperatura também ajuda, já que estavam cerca de 25 graus.

Longe vão os dias em que a família de Máxima - os Zorreguieta - se privavam de participar em atos públicos, tendo marcado presença María del Carmen Cerruti e Juan Zorreguieta, mãe e irmão da rainha. A família tem-se mostrado cada vez mais unida, particularmente desde a morte de Inês Zorreguieta, a irmã mais nova da monarca que se suicidou a 7 de junho deste ano aos 33 anos. Fãs das suas opções de visuais, a mãe e as filhas Amália e Ariadne recorreram ao seu armário para escolher os looks para esta ocasião. Os reis fizeram-se ainda acompanhar pelos príncipes Constantino e Laurentien.

Desta vez foram transportados por uma outra carruagem em substituição da dourada por esta estar num processo de restauração longo que deverá terminar apenas em 2021. Máxima brilhou com um vestido longo de seda cintado em tom lilás da autoria da estilista italiana Luísa Beccaria, combinado com um bonito chapéu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras