Nas Bancas

Rainha da Holanda surge radiosa em dia de cerimónia

Na abertura do ano político e ao lado do marido, o rei Guilherme, igualmente trajado a rigor, a rainha Máxima exibiu todo o seu esplendor num vestido assinado por Edouard Vermeulen, carteira Dior e ‘parure’ de águas-marinhas.

CARAS
5 de outubro de 2017, 18:00

É um dos momentos mais importantes da agenda oficial dos reis Guilherme e Máxima da Holanda: a abertura do ano político, quando se assinala também o Dia do Príncipe. E desde o seu casamento, em 2002, a argentina Máxima surge sempre irrepreensível nesta cerimónia. Este ano, a rainha escolheu um vestido assinado pelo belga Edouard Vermeulen, fundador da casa Natan. Um modelo comprido azul acinzentado com sobreposição de tecidos a proporcionar um jogo de transparências no qual se destaca um brocado a formar grandes rosas. Para completar o look, toucado no mesmo tom, carteira prateada Christian Dior (uma oferta do ex-presidente francês François Hollande numa visita dos reis a França) e parure de águas-marinhas composta por colar, pregadeira e brincos. No pulso, a inseparável pulseira com os três “A” que são as iniciais das filhas, Amália, Alexia e Ariana. Uma elegância exemplar, adequada a uma cerimónia onde os reis chegam, como é tradição, numa carruagem dourada, qual conto de fadas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras