Nas Bancas

Guilherme e Máxima da Holanda encontram-se com os familiares das vítimas do voo MH17

Os reis não conseguiram esconder a emoção.

Redação CARAS
22 de julho de 2014, 17:38

Guilherme e Máxima da Holanda e representantes políticos do país deslocaram-se esta segunda-feira, dia 21, à localidade de Nieuwegein para se reunirem com os familiares e amigos das 193 vítimas holandesas do avião da Malaysia Airlines que caiu em território ucraniano na passada quinta-feira, 17 de julho.
“Hoje muitos familiares das vítimas da tragédia reuniram-se para partilhar a sua dor. A minha mulher e eu estamos profundamente comovidos com os testemunhos das pessoas que perderam os seus entes queridos. A sua tristeza, impotência e desespero deixou-nos o coração destroçado. A dor deste país é imensa. É sem dúvida um momento para estarmos unidos, de nos apoiarmos uns aos outros. Agora e nos próximos meses e anos. A rainha e eu entristecemo-nos com todos aqueles que perderam uma pessoa que lhes era querida. Estão todos no nosso pensamento. A minha mãe [princesa Beatriz] e a restante família real também partilham a tristeza do país nestes momentos difíceis. Esta tragédia deixou uma ferida na nossa sociedade. A sua cicatriz estará visível durante anos. Refugiemo-nos na nossa força interior, na compaixão e na solidariedade”, afirmou, emocionado, o rei Guilherme no seu discurso.
De referir que no voo MH17 seguiam 298 passageiros, sendo que 193 eram holandeses.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras