Nas Bancas

Guilherme e Máxima da Holanda sensibilizados com a tragédia da Malaysia Airlines

154 dos 298 passageiros eram de nacionalidade holandesa.

Redação CARAS
19 de julho de 2014, 19:41

A queda de um avião daMalaysia Airlines na passada quinta-feira, dia 17, fez com que os reis Guilherme e Máxima da Holanda anulassem a sessão fotográfica em família que tinhamagendada para ontem, sexta-feira. 154 dos 298 passageiros que se encontravam abordo do avião que saiu de Amesterdão com destino a Kuala Lumpur eramholandeses e os soberanos quiseram demonstrar a sua solidariedade às famíliasdas vítimas assinando o livro de condolências que sse encontra no Ministério daSegurança e da Justiça, em Haia.
O rei Guilherme já tinha também emitido um comunicado a falar da tragédia. “Estou profundamente triste com a terrívelnotícia do acidente aéreo do voo MH17 em território ucraniano. Tal como o restodo país, a minha esposa e eu estamos atentos às notícias e esperamos que as circunstânciasfiquem esclarecidas em breve. Gostaríamos de endereçar os nossos pêsames àsfamílias, amigos, colegas e conhecidos das vítimas e a todos aqueles que ainda nãotêm a certeza se os seus familiares estariam ou não a bordo do avião”,podia ler-se no documento.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras