Nas Bancas

Guilherme e Máxima da Holanda

Guilherme e Máxima da Holanda

Reuters

Guilherme e Máxima da Holanda ganham processo em tribunal

Os príncipes herdeiros lutaram na justiça contra uma agência que vendeu fotografias íntimas da família, durante as últimas férias na Argentina, e ficou decidido que as imagens não poderiam voltar a ser disponibilizadas.

Andreia Guerreiro
31 de agosto de 2009, 17:52

As últimas férias dos príncipes Guilherme e Máxima da Holanda na Argentina acabaram por ficar marcadas por um episódio menos positivo, quando foram captadas imagens da família sem autorização. Os herdeiros do trono holandês apresentaram queixa contra a agência norte-americana Associated Press, que ficou agora proibida de divulgar e vender as fotografias. "O príncipe Guilherme, a princesa Máxima e as suas filhas tenham direito à sua privacidade. E as quatro fotos divulgadas não podem ser consideradas de interesse público", decidiu o juiz J. Thomas.

A agência já reagiu à sentença e considerou que esta decisão "dá pouco importância à liberdade de informação numa sociedade democrática." Além disso, a Associated Press deverá apresentar recurso para ter que pagar uma multa de mil euros por cada foto vendida, em vez dos 25 mil determinados pelo tribunal.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras