Nas Bancas

0.jpg

Carl Philip e Sofia da Suécia ausentes da reunião prévia aos Prémios Nobel

O par real vai faltar aos preparativos de um dos eventos mais importantes da casa real sueca após a recente e polémica decisão do rei Carlos Gustavo.

CARAS
29 de novembro de 2019, 09:57

Mais um ano, mais uma edição dos Prémios Nobel. Esta é uma forte tradição da família real sueca e assinala-se já no próximo dia 10 de dezembro. Durante as semanas que antecedem este grande evento há diversos atos de preparativos. Uma delegação da Fundação organiza também um encontro e reunião informativa com os reis e príncipes, a fim de preparar tudo o que diz respeito ao protocolo e às personalidades distinguidas nesse mesmo ano.

Este encontros de preparativos da cerimónia e da gala dos Nobel contou com duas importantes baixas: Carl Philip e Sofia. Ao contrário de Carlos Gustavo e Silvia, e dos príncipes Victoria e Daniel, aquele par real não poderá estar presente

O motivo foi apresentado pela responsável de comunicação da casa real sueca, Margareta Thorgren, e parece ter a ver com outros compromissos profissionais, já que Sofia tem a agenda muito preenchida. Entre outros afazeres, o casal terá de marcar presença numa reunião do conselho da Fundação Global Child. Estes compromissos impedirão o par de estar presente sendo, contudo, esperados na cerimónia de entrega dos Prémios Nobel, bem como a gala.

E não será a única diferença em comparação com os anos anteriores. Este ano, a princesa Madalena viajará da Florida para estar presente sem o marido Chris O'Neill, que ficará em casa com seus três filhos, Leonore, de cinco, e Nicolas, de quatro, e Adrienne, de um. A irmã de Victoria deverá chegar a Estocolmo no início de dezembro para participar não apenas do Nobel, mas também da entrega do Prémio das Crianças.

Não está previsto um regresso mais definitivo de Madalena à Suécia, que vive atualmente em Miami, onde o marido trabalha e onde esperam também educar os seus três filhos com a privacidade que necessitam.

Esta decisão tornou-se mais certa desde que o rei Carlos Gustavo tornou pública a sua decisão de esclarecer quais as pessoas seriam, a partir desse momento, membros de pleno direito da Casa Real e quais não o seriam, especificando para o efeito quem continuaria a ter tarefas institucionais. Carl Philip e Madalena da Suécia, bem como os seus filhos, perdem assim o título de “Alteza Real”, embora continuem a ser membros da família real.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras