Nas Bancas

Rainha Isabel II

Rainha Isabel II

YUI MOK

A razão peculiar pela qual a rainha Isabel II nunca revelou o seu prato favorito

Saiba todos os detalhes dos hábitos gastronómicos da rainha.

CARAS
8 de novembro de 2019, 16:23

Apesar de optar por comida tradicional britânica, a rainha Isabel II nunca revelou qual é, afinal, o seu prato preferido. Ao longo do seu reinado de seis décadas, a monarca inglesa visitou mais de 100 países mas, apesar de consumir sabores de todo o mundo, isso não fez dela uma aventureira no que aos paladares diz respeito.

Mas, de acordo com um antigo correspondente do The Telegraph, o seu prato predileto nunca foi revelado. E explica porquê, citando um elemento do seu 'staff': "Se dissesse qual era, nunca mais seria servido."

Tendo acompanhado mais de 20 visitas oficiais que a rainha fez pelo mundo inteiro, Gordon Rayner revelou que esta evita ao máximo ingredientes como alho ou moluscos, estes últimos sob receio de uma intoxicação alimentar.

Sabe-se ainda que é uma fã de aves e de peixe, e que a equipa que a acompanha transporta consigo recipientes com alimentos, caso os pratos que a esperam no destino não sejam de grande qualidade, bem como água engarrafada.

"A equipa do hotel também é informada com antecedência de como a rainha gosta da bebida escolhida, Dubonnet e gin - uma mistura exata de 50/50, geralmente tomada às 18:00, em copo", acrescentou.

O antigo 'chef' da realeza, Darren McGrady, revelou ainda que a rainha é fã de doces,. "Agora, o 'biscuit cake' é o único bolo que se repete várias vezes todos os dias até que tudo acabe. É absolutamente viciada em chocolate!"

As frutas frescas e as saladas também fazem parte das suas preferências. "Cortava a parte de baixo da bana e ao longo da mesma, e depois em fatias minúsculas para comer com um garfo. Para prato principal, a rainha adorava caça, coisas como bife gaélico, bife de filé com molho de uísque de cogumelos, especialmente se o fizemos com carne de veado. E também paté de Gleneagles: salmão fumado, truta e cavala. Adorava usar ingredientes da propriedade e, por isso, se tivéssemos salmão de Balmoral do rio Dee, ela teria isso. Era um dos seus favoritos", explicou.

Fã também da cozinha francesa, optava por pratos como alabote em cama de espinafre com molho Morney. Mas nunca foi uma verdadeira 'foodie' nem revelou aquele que era o seu prato de eleição. "Ela sempre comeu para viver, em vez de viver para comer", concluiu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras