Nas Bancas

Kate Middleton e Príncipe William

Família real receou casamento entre Kate e William, confessa fonte do palácio de Buckingham

Saiba porquê!

CARAS
23 de agosto de 2019, 16:22

Kate não é estranha à realeza. Aos poucos e poucos, foi sendo introduzida no meio sendo, ela própria, proveniente do meio aristocrático. Contudo, e de acordo com novas informações acerca da sua presença na família real, havia algumas reservas em relação ao namoro de William com ela e, mais tarde, à ideia de ambos casarem.

Foi enquanto estudava na Universidade de St. Andrews, em 2001, que a duquesa de Cambridge conheceu o herdeiro ao trono . No ano seguinte, mudaram-se para uma casa de estudantes com dois outros amigos e, no Natal de 2003, o romance terá começado quando Kate se separou de um namorado. O relacionamento entre o filho mais velho de Diana e Kate tornou-se público depois de terem sido fotografados a esquiar em Klosters juntos. Voltaram a surgir próximos em junho de 2015 no dia da sua graduação.

Apesar de estarem juntos há algum tempo foi só em 2008 que Kate recebeu o estatuto de ‘namorada’ pela família real, de acordo com fontes do palácio de Buckingham. De acordo com informações que remontam a 2007, havia “algumas reservas sobre o facto de casar com os círculos aristocráticráticos”, talvez por Kate ser consideradas plebeia. De acordo com uma outra informação referente a 2006, veiculada ao Sunday Express, foi por causa da rainha Isabel II que William esperou tanto tempo para pedir a duquesa de Cambridge em casamento.

Um assessor do palácio revelou que a monarca inglesa alertou o neto de que seria cedo demais para falar em casamento a Kate. Pediu a William que escolhesse com sabedoria a mulher com quem iria casar porque já havia um número elevado de divórcios na família real inglesa: o príncipe Carlos e Diana, o príncipe André e Sarah Ferguson e a princesa Ana e Mark Phillips. A ‘regra’ parece ser aplicável também ao irmão mais novo, Harry. "A rainha é a cabeça da Igreja e, portanto, de alguma maneira, ela por princípio opõe-se aos divórcios reais. O conceito de divórcio vai contra toda a educação da rainha, que é sobre o dever e sobre o soldado em face da adversidade. Ela herdou muitas das suas opiniões da sua mãe, que ficou marcada pelo escândalo do rei Edward e Wallis Simpson.”

William acabou por seguir o conselho da avó, admitindo anos mais tarde, numa entrevista à CNN, que queria que o pedido de casamento fosse especial no que ao local e ao momento diz respeit, tendo escolhido o Quénia como pano de fundo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras