Nas Bancas

0.jpg

Rei Juan Carlos não terá direito a despedida oficial

A notícia surge após o rei emérito ter anunciado a sua retirada da vida pública.

CARAS
31 de maio de 2019, 12:51

Foi na passada segunda-feira, 27 de maio, que o rei Juan Carlos anunciou ao mundo a sua retirada da vida pública. Através de carta dirigida ao filho, Felipe VI, o marido da rainha emérita Sofía fez saber o seu desejo de que a decisão vigore já a partir do dia 2 de junho. É também nesta data que se assinalam cinco anos do anúncio da sua abdicação que se tornou efetiva a 18 de junho de 2014.

Está previsto apenas que, nesse dia, Juan Carlos presida a uma corrida inaugural na praça de touros de Aranjuez, um evento muito especial para o rei emérito já que será organizado em homenagem à sua mãe, Mercedes de Borbón, condessa de Barcelona. Contudo, este não é um ato oficial, pois é um evento comum na vida do sogro de Letízia.

Sendo certo que Juan Carlos não terá uma despedida oficial, não foi conhecido o motivo até ao momento. Prestes a começar uma nova fase da sua vida aos 81 anos, não terá audiências depois de domingo, mas o filho conta com o seu apoio sempre que necessário, o que significa que poderá voltar a ser visto em determinadas ocasiões, tais como algumas viagens oficiais.

Manterá a sua condições de membro da família real, manter-se na qualidade de rei emérito e continuará a gozar do mesmo estatudo jurídico (aquele que tem desde a sua abdicação). A rainha Sofía, por sua vez, continuará a desenvolver a sua atividade institucional como até agora.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras