Nas Bancas

Princesa Diana em Londres em 1997

Princesa Diana em Londres em 1997

Tim Graham

Médico revela detalhes inéditos sobre a morte de Diana

O especialista defende que a 'princesa do povo' poderia não ter desaparecido no trágico acidente, ocorrido em Paris, em agosto de 1997.

CARAS
8 de abril de 2019, 17:40

Foi a 31 de agosto de 1997 que o mundo chorou a morte da princesa Diana, mas só agora, volvidos mais de 30 anos, são conhecidos novos detalhes dos acontecimentos. Richard Shepherd, médico e escritor, divulga agora no seu livro Unnatural Cause aquela que será a verdadeira causa de morte da princesa.

De acordo com a investigação, a princesa perdeu a vida naquele acidente em Paris devido a um pequeno ferimento, localizado numa veia dos pulmões, facto que terá impressionado o especialista. "A lesão de Diana era tão específica e rara que, em toda a minha carreira, não me recordo de ter visto outra igual", afirmou Shepherd.

E vai mais longe ao afirmar que tudo teria sido diferente se a projeção tivesse ocorrido num ângulo diferente e se uma medida de segurança em particular tivesse sido assegurada. “Se ela tivesse colocado o cinto, provavelmente teria sobrevivido ao impacto com um olho negro, costelas fraturadas e um braço partido."

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras