Nas Bancas

Reis de Espanha inauguram ARCO Madrid no meio de polémica

Trata-se de uma feira de arte contemporânea.

CARAS
28 de fevereiro de 2019, 15:40

Os reis de Espanha inauguraram mais uma edição da feira ARCO, desta vez envolvidos em nova polémica. Nesta ocasião, todos os olhos estão postos no ‘boneco’ de Felipe VI, de 4,45 metros de altura. Quem o adquirir por um valor total de 200 mil euros terá de… queimá-lo! A obra, da autoria de Santiago Sierra e Eugenio Merino, está envolta em polémica. Este não é o primeiro trabalho ‘peculiar’ dos seus autores,

À parte desta obra, os reis abriram, como habitualmente, o evento, mostrando-se interessados nas várias peças que vão estar expostas ao público até ao próximo domingo e sem passar perto do 'rei' feito de poliuretano, cartão, cera e tecido. De acordo com fonte da galeria, o desejo é que a peça seja vendida esta quinta seja queimada "fora de Espanha, num local privado e legal".

Recorde.se que a edição deste ano conta com a presença do presidente do Peru, país convidado desta feira de arte contemporânea. Martin Alberto Vizcarra e a sua mulher, Maribel Diaz Cabello, estão em visita oficial a Espanha por estes dias.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras