Nas Bancas

1.jpg

JAIME REINA

Condenado a cinco anos, Iñaki Urdangarin pode ir a casa já no Natal de 2019

O cunhado do rei Felipe VI está preso desde o dia 18 de junho

CARAS
23 de agosto de 2018, 16:55

Iñaki Urdangarin, condenado pelo Supremo Tribunal de Espanha a cinco anos e dez meses de prisão e preso desde 18 de junho, transitou para o segundo grau do regime penintenciário. A notícia acerca do cunhado do rei Felipe VI está a ser avançada pela imprensa internacional.

O sistema penitenciário espanhol, conhecido pela sua flexibilidade, é composto por três graus e permite ao condenado (excepto em liberdade condicional) uma progressão ou regressão de acordo com a evolução do seu comportamente a partir do momento em que é privado de liberdade.

O primeiro é o mais restritivo de todos e as medidas de proteção e segurança são as mais duras, sendo necessário rever de três em três meses se o preso deve continuar neste regime. Urdangarín acaba de transitar do primeiro para o segundo grau. É muito frequente a progressão para o segundo grau a menos que se insira em circunstâncias muito particulares ou se trate de alguém muito perigoso.

O terceiro grau é o mais desejado já que permite ao detido sair de vez em quando. Nele se enquadram pessoas em “circunstâncias pessoas e penitenciárias de convivência normal, mas sem capacidade, de momento, para viver em semiliberdade”.

De acordo com a informação veiculada pelo Ministério do Interior, “a partir de agora Urdangarín poderá começar a participar em atividades na cadeia. Tem horário para ir para o pátio, para as refeições”. “O preso tem oito horas de descanso noturno, um mínimo de horas que pode utilizar aos seus assuntos e tempo suficiente para participar em atividades culturais e terapêuticas e aos contactos com o mundo exterior”, pode ler-se ainda no Regulamento Penitenciário.

É esperado que, após cumprir um quarto da sua sentença, o cunhado do rei Felipe VI receba a sua primeira permissão para sair, isto é, quando passarem 17 meses e meio, altura que coincidirá com o natal de 2019.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras