Nas Bancas

123.jpg

Ex-genro do rei da Noruega acusa Kevin Spacey de assédio

O caso remonta ao ano 2007.

CARAS
9 de dezembro de 2017, 15:47

As acusações de assédio sexual a Kevin Spacey não param. Desta vez foi Ari Behn, ex-genro do rei Harald da Noruega, que acusou o ator de o ter assediado em 2007, durante a cerimónia do Prémio Nobel da Paz, em Oslo, Noruega.

“Ele sentou-se ao meu lado. Cerca de cinco minutos depois, disse-me ‘vamos fumar um cigarro’. Depois, pôs a mão debaixo da mesa e agarrou-me os testículos”, contou à rádio norueguesa P4, citado pela BBC.

Ari Behn, de 45 anos, foi casado com a princesa Martha Louise, de 46, durante 14 anos.O ex-casal tem três filhas: Maud Angelica, de 14 anos, Leah Isadora, de 12, e Emma Tallulah, de oito.

Recorde-se que Kevin Spacey foi também acusado de assédio pelo atores Anthony Rapp e Roberto Cavazos e também pelo realizador Tony Montana. Entretanto, a Netflix cortou relações com o ator, de 58 anos, e cancelou a série House Of Cards, onde este dava vida ao protagonista, Frank Underwood. Mais recentemente, Spacey foi excluído do filme Todo o Dinheiro do Mundo, cuja a estreia está prevista para o dia 22 de dezembro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras