Nas Bancas

143470137.jpg

Getty Images

Casamento de Guilherme do Luxemburgo vai custar 350 mil euros ao Estado

O grão-duque casa-se com Stéphanie de Lannoy no próximo dia 20 de outubro.

Redação CARAS
26 de setembro de 2012, 13:44

Guilherme do Luxemburgo e Stéphanie de Lannoy casam-se já no próximo dia 20 de outubro e, de acordo com informação oficial, a cerimónia irá custar ao Estado 350 mil euros que serão repartidos entre gastos com a segurança, a organização do copo-de-água e as receções oficiais.
O governo justificou estas despesas num comunicado onde se pode ler que ainda que o casamento do grão-duque herdeiro seja "relevante sobretudo para a esfera privada e familiar da Casa Ducal, tem também um caráter público e oficial que justifica o gasto de fundos públicos". Este casamento "é o começo de uma etapa importante na vida do sucessor ao trono, na história da monarquia e para o país em geral". Apesar disso, ficou claro que "a maior parte dos gastos da cerimónia ficará a cargo da própria Casa Ducal, ainda que o erário público tenha a seu cargo a segurança dos atos, das receções oficiais e dos custos da cerimónia religiosa".
Ou seja, o Estado irá pagar o jantar que se segue à cerimónia civil e para o qual estão convidados entidades oficiais e representantes de Estado estrangeiros, a organização da cerimónia religiosa na catedral e a receção oficial que será oferecida no palácio grã-ducal a seguir à cerimónia religiosa. Em altura de crise, os gastos de dinheiros públicos numa cerimónia da Casa Ducal tem causado alguma polémica entre os luxemburgueses.
Mas no dia anterior ao casamento, alguns luxemburgueses terão o privilégio de conhecer Guilherme e a sua noiva, numa receção especial para aqueles que nasceram no mesmo dia que os noivos, ou seja, a 11 de novembro de 1981 e a 18 de fevereiro de 1984.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras