Nas Bancas

Naruhito e Akihito do Japão

Naruhito e Akihito do Japão

Reuters

Naruhito do Japão diz que o estado de saúde do pai é muito frágil

O filho do imperador Akihito afirmou que está disposto a desempenhar os compromissos oficiais para reduzir a agenda do imperador Akihito.

Redação CARAS
24 de fevereiro de 2012, 13:20

Naruhito do Japão celebrou esta quarta-feira o seu 52.º aniversário e fez questão de recordar o delicado estado de saúde do seu pai, o imperador Akihito, que se submeteu a um bypass coronário no passado sábado, dia 18. Durante uma conferência de imprensa, o príncipe, que atualmente assume todos os compromissos oficiais do imperador japonês, revelou o seu desejo de ajudar o seu pai a executar todas as suas tarefas. “Há que ter em consideração a idade do imperador, é necessário reduzir a carga de trabalho”, afirmou à agência Kyodo.
No entanto, Naruhito recusou-se a responder se considerava necessário introduzir um limite máximo de idade para subir ao trono japonês. O príncipe apenas declarou que “existem várias opções disponíveis” para reduzir a agenda oficial do imperador. Além disso, o filho mais velho de Akihito não quis dar a sua opinião sobre a lei que será debatida este mês que permitirá que as mulheres da família real japonesa não percam a sua condição nobre quando casarem com plebeus.
O príncipe japonês falou também sobre a sua mulher, Masako, que se encontra a fazer tratamento médico devido a uma depressão causada por stress. “Pouco a pouco poderá aumentar o alcance das suas actividades”, esclareceu. Já sobre a sua filha, Aiko, de 10 anos, Naruhito afirmou que agora já se sente segura e integrada na escola, depois de ter sido vítima de perseguição.
O príncipe Naruhito relembrou ainda as vítimas do tsunami que devastou o noroeste do Japão há um ano. “Estou muito animado por as pessoas afetadas pela catástrofe estarem a fazer esforços de forma conjunta em prol da reconstrução”, acrescentou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras